Eu tive câncer, mas o câncer não me teve.

Foi durante outra sessão de quimio que eu presenciei uma cena entre duas crianças que foi muito singela e bonita: as crianças estavam com suas mães, não se conheciam e de repente uma entregou para outra um curativo de desenho infantil e a outra criança imediatamente, pegou outro curativo que estava com ela e retribuiu o presente. Para mim foi mais uma lição de vida, aquelas crianças estavam fazendo tratamento, como num gesto de solidariedade trocaram curativos, poderiam estar trocando brinquedos, mas naquele momento é o que elas tinham para demonstrar carinho, pois esta era a realidade delas, pelo menos nesta fase que estavam vivenciando, mas o mais importante, estavam felizes, sorrindo.

O câncer não é tão assustador, pois nesta luta, também temos as nossas armas, estamos munidos de muita informação, equipe médica competente (nossos anjos), tratamento eficiente, rodeados de familiares e amigos que nos apoiam, nossa fé (não importa a religião), pensamentos positivos que fazem todo a diferença.

609920688.jpg

A mesma repórter que falou dos 4F: Família, Fé, Foco e Força, também falou outra frase muito verdadeira: “Eu tive câncer, mas o câncer não me teve”. Realmente, nunca me senti doente durante todo o tratamento, sabia que tinha que passar por isso, então reuni a minha munição e segui em frente.

Nós não precisamos de muito para ser feliz, a felicidade está nos momentos, nas atitudes, nas coisas mais simples. Amo viver, amo minha filha, meu marido, o carinho de toda a minha família e amigos. Hoje sou feliz!

“Ser feliz é encontrar força no perdão, esperanças nas batalhas,
segurança no palco do medo,amor nos desencontros.
É agradecer a Deus a cada minuto pelo milagre da vida.”
Fernando Pessoa